Voltar para notícias

Compartilhar


A Guerra da Portabilidade

A Guerra da Portabilidade


Jogos fazem parte do dia-a-dia de todos, não importa idade ou sexo, o que importa é se divertir. Durante muitos anos vimos os consoles portáteis um meio para se divertir em qualquer lugar e hora, sua ideia primaria era trazer a experiência dos consoles de mesa que coubesse no bolso, jogar no avião, no ônibus, acabando com aquele tédio desgraçado.

Com o tempo de um outro lado surgiam os Smartphones, existindo desde os anos 90 mais só se popularizando por volta de 2010, a ideia primaria era transformar seu telefone celular em um computador de mão,- E não é que conseguiu?!- Por muito tempo as pessoas viram que a necessidade de um LapTop(Notbook) poderia ser substituído por um Smartphone, assim criando uma base de usuários gigantesca.

Jogos:

Angry Birds Smartphone

Quanto mais jogos sempre melhor não é?! Pois bem muitos dizem que sim, pois assim sempre irão ter algo para jogar, mais eu digo quem sabe, pois se tivermos uma imensidão de jogos vamos querer jogar e assim se frustrar ao ver que não conseguimos realizar tudo o que gostaríamos. Mais por outro lado é bom pois assim temos várias opções e conhecer ideias novas. E ai surgem os Desenvolvedores Independentes, que com pouca verba, muito amor e bastante criatividade, conseguem criar coisas magníficas e criar uma grande quantidade de fãs.

Nesse quesito quem sai ganhando são os Smartphone, com suas bibliotecas chegando aos milhões de jogos, temos desde jogos casuais, emuladores, até mesmo, clássicos como Grand Theft Auto, Tomb Raider,

Tomb Raider Mobile

Um motivo para os Smartphones terem uma gigantesca biblioteca, é que para desenvolvedores é bem mais acessível e atraente, pela quantidade de usuários, e pela facilidade de publicação de um jogo, diminuindo a burocracia que normalmente existe.

Portabilidade:

Chegamos em uma parte delicada se quisermos praticidade mais uma vez os Smartphones saem ganhando, pois ao invés de levarmos mais de um gadget para jogarmos, podemos levar apenas um na mochila no qual pode-se acessar a internet, realizar ligações, mais se queremos jogar de verdade, ai vem os consoles e com a próxima parte desse artigo o hardware.

Hardware:

PS Vita

Com certeza essa é a parte mais importante deste artigo, pois afinal tudo acaba nos requisitos. O que adianta comprar um Device, e na hora de jogar o tão esperado game ele “Crashar” no início?! Pois é neste caso os consoles ganham e de lavada, por ser um hardware e um software padrão é muito mais fácil identificar erros e corrigi-los em todos, ou seja, caso tenha uma atualização será a mesma para todos, assim resultado em uma quantidade menor de erros.

Smartphones até podem ter acessórios para jogos como controles Bluetooth, mais ai vem a mesma questão de compatibilidade, nem todos podem funcionar perfeitamente, já os consoles vem com controles prontos para seus jogos, tornando-os melhores e mais confortáveis no assunto.

Quem ganhou?

É difícil dizer um ganhador, quando a guerra ainda está no começo. Acredito que os consoles portáteis ainda tem muita vida pela frente, principalmente seus fiéis fãs. Mais veremos empresas como Sony e Nintendo transformando seus consoles portáteis em Gadget's para Smartphones, propondo uma melhor jogatina aos Gamers!


Colaborador Perdido

Infelizmente o colaborador Rychillie foi pego por uma horda e seus trabalhos vão ser descontinuados!


Você conhece a história do Dia Z?

Clique aqui e leia a versão completa da história!

Ajude-nos comprando aqui!
:-D

Assista o último vídeo

TragiTopSeven #04 - Baixistas Mais Virtuosos do Planeta